Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
Topo

Topo

Mais bonita, menos radicais livres!

Vira e mexe se ouve falar dele, mas afinal o que são radicais livres? Como agem e como ajudar seu corpo a se livrar deles para sua saúde e beleza?

por   em Corpo   | 18.08.2011

 

Vira e mexe você houve falar dele, mas afinal o que são radicais livres? Atendendo a pedidos tentaremos explicar o que são, como agem e como ajudar seu corpo a se livrar deles para conservar sua saúde e beleza.

Como o assunto é um tanto técnico fomos atrás das informações e dividimos em tópicos. Vamos a eles:

O que são:

Substâncias tóxicas produzidas pelo nosso organismo. O oxigênio que respiramos é 95% utilizado para gerar a energia. Os outros 5% são transformados no organismo em radicais livres por reações catabólicas de destruição do oxigênio. Essas substâncias ao se combinarem com outras, agem no organismo de maneira diferente. De modo geral os radicais livres são substâncias instáveis, de vida curta, que se reproduzem rapidamente e desaparecem quando dois radicais livres se encontram devido as reações químicas decorrentes das substâncias que possuem. (Entenda mais, clique aqui)

São produzidos por:

Além do oxigênio eles são produzidos pelos famosos fatores ambientais, ou seja, a tudo que você está exposto no seu dia a dia: por alimentos que contêm agrotóxicos, aditivos, estresse, abuso de frituras, cigarro, álcool, radiação, drogas, poluição, toxidade por metais pesados,transplantes de pele ou de orgãos e até muita exposição ao sol e  exercícios físicos exagerados.

O que causam:

Como agem nos lipídios, nas proteínas, nos carboidratos, nos ácidos nucléicos e nas lipoproteínas os efeitos no organismo são variados mas vamos citar exemplos:

  • destrói a membrana da células
  • aceleram a oxidação
  • alteram a estrutura do colágeno
  • oxidam o colesterol bom favorecendo a produção do colesterol ruim
  • envelhecimento precoce
  • doenças degenerativas de envelhecimento e morte celular

Como combater:

A natureza é sabia. Normalmente essas substâncias são destruídas pelo nosso próprio corpo por simples reação química ou com ajuda de enzimas mas a exposição aos fatores ambientais pode aumenter a produção e gerar um acúmulo que o organismo pode não dar conta de eliminar, principalmente depois de certa idade, quando o organismo diminui a produção das enzimas e os radicais livres atacam as células.

Para ajudar podemos consumir alimentos que contenham propriedades antioxidantes que não são produzidas pelo nosso corpo e que irão combater a oxidação como as vitaminas E, C e o beta-caroteno. E claro, tentar diminuir sua exposição aos fatores ambientais.

Proteção contra radicais livres

 

  • Troque seu refri por um refrescante copo de suco natural e não abuse do açúcar! Laranja, Cenoura, Morango, Mamão, Melão, Carambola, Manga, Nectarina, Pêssego.
  • Troque a batatinha-frita por um pouco mais de salada: Rúcula, Espinafre, Batata-Doce, Abóboras, Brocólis, Endívia, Couve, Chicória, Escarola, Agrião.

Concluindo, saúde e beleza sempre começam pela boca! Já dizia a minha avó: você precisa comer bem, menina!

Afinal, parar de respirar não vai ajudar muito, não é?

 

Fontes: Mundo Vestibular, Revista Super Interessante, DNA e Aleolive

Espalhe por aí!
 
  1. Poliana Moura

    Agora eu entendi!! Muito boa a matéria. Obrigada, Soul Negra!

Dê sua opinião!

Fique tranquila, seu e-mail não será divulgado.